2006-01-26

iD: novo BES



O BES apresenta a sua nova identidade com óbvios objectivos de se apresentar aos clientes mais jovens.
Um trabalho de autoria BBDO e RMAC.
Estou muito curioso para ver mais peças da marca.

---
“É mais uma evolução da imagem do que uma mudança profunda”. Foi desta forma que Ricardo Salgado, presidente da comissão executiva do BES, resumiu a nova imagem do banco. Uma das alterações mais visíveis é ao nível da cor que se mantém verde, mas passa a ter vários tons de verde, denominando-se “verde futuro”. “É mais fresca, mais jovem e quer aproximar-se mais dos clientes", referiu Ricardo Salgado, ontem, em conferência de imprensa.

Além da cor, a nova identidade do BES abrange também o logotipo e o tipo de letra. As mudanças sentir-se-ão ao nível dos balcões, cartões de crédito, publicidade e estacionário do banco. Com esta evolução o BES pretende reforçar as dimensões de proximidade, juventude, vitalidade e modernidade da marca.

Outro aspecto que muda na comunicação é a assinatura que deixa de ser “Quem sabe, sabe e o BES sabe”, passando a ser “Quem sabe, sabe e o Joaquim sabe”. O nome que assinará na campanha estará de acordo com os destinatários da comunicação e com o produto que está a ser promovido. João, Maria, Joaquim, Manuela são algumas das possibilidades.
A inspiração criativa para a nova identidade corporativa é da autoria conjunta da BBDO e da Ricardo Mealha e Ana Cunha Design.
Entre a campanha, o estacionário e a mudança nas fachadas o banco terá investido cerca de seis milhões de euros.
A fase revelação da campanha arranca a 28 de Janeiro e prolonga-se até 5 de Fevereiro."
in Meios e Publicidade


os logos reprovados:

2 comments:

  1. Victor ZarpJanuary 27, 2006

    Uma excelente campanha de antecipação. Contudo, estou bastante desiludido com o símbolo encontrado. Não me parece equilibrado, embora entendendo os propósitos de tal forma (de certo que havia propostas melhores e que foram recusadas pelo cliente). E não creio que corresponda da melhor forma com o lettering desenvolvido, esse sim, bastante de acordo com todo o conceito divulgado. De qualquer maneira, as aplicações deverão estar bem trabalhadas.

    ReplyDelete
  2. Devo acrescentar que a primeira impressão da nova identificação exterior dos balcões, foi francamente desanimadora.
    Mas ainda aguardo por mais peças que me possam surpreender.

    ReplyDelete