2005-04-25

a poesia saiu à rua

Alegria e liberdade numa força e emoções nunca antes vividas, e jamais repetidas. O momento extraordinário que há 31 anos ocorreu em Portugal e, a vitória do verdadeiro exercício da democracia um ano depois com as primeiras eleições livres é algo que tenho pena de não ter sentido. Mas a esperança e a exigência desses dias, para muitos já longíquos, não trouxeram todos os resultados desejados. Os avanços e recuos vários colocaram o país num paradoxo de desenvolvimento onde cada vez mais falta fazer melhor.

1 comment: